Artista plástico brasileiro Samuel Caixeta explica a importância da proteção nas artes em NFT

expressão artística

Segundo o artista, para saber se determinada obra é verdadeira, é preciso ver seu histórico

 

O artista plástico brasileiro Samuel Caixeta, autodidata em artes plásticas, premiado no International Salon of Contemporary & Urban Art de Nova York e representado pelas galerias Saphira & Ventura (Nova York, Singapura, São Paulo e Paris, Madri, Miami e Itália), apresentou pela primeira vez sua arte digital em NFTs durante a exposição no Museu Nacional da Civilização Egípcia em janeiro deste ano. No entanto, é fundamental entender o NFT (Tokens não fungíveis) e sua importância, já que o mecanismo chamado de ‘blockchain’ é seguro e comprova que a obra de arte original é de propriedade exclusiva do comprador, podendo ser visualizada por outras pessoas.

“Hoje para você saber se uma obra é falsificada ou não é muito difícil porque as pessoas estão falsificando a própria matéria, assinaturas e certificados. Mesmo as pessoas comprando um produto em uma loja autorizada, ainda assim é possível correr o risco de que ela não seja original. Por isso, a arte em NFT é tão importante, pois por meio de sua proteção, o comprador consegue ver qual é a marca, quem foi o artista quem fez, e qual empresa criou aquele produto”, explica o artista plástico Samuel Caixeta.

Produções em NFT

Ainda segundo Samuel, a produção de arte em NFT ocorre de várias formas. “Eu começo na pintura física, ou seja, pintando em algum objeto ou em uma tela, depois eu a digitalizo, e passo para os profissionais especialistas em produção de arte em NFT. Em alguns casos, são usadas máquinas profissionais para tirar fotos e em outros a pintura é iniciada diretamente no digital, por meio de programas no computador”, explica.

Exposições internacionais

O artista plástico brasileiro que recentemente participou de uma exposição em Cairo, no Egito, segue com entusiasmo para as novas exposições que ele participará neste ano de 2022. “Minha expectativa para esse ano está muito grande, pois estarei em grandes eventos conhecidos no mundo. Minha próxima exposição vai ser em Dubai entre os dias 16 e 19 de março, depois eu vou para Porto Fino, na Itália, e Veneza. Além disso, esse ano participarei de quatro exposições em Nova York”.

 

Gostou? Compartilhe

Você pode gostar

o que é pintura artística

Entenda o que é pintura artistica

A pintura artística, uma forma de expressão que atravessa séculos, transcende simplesmente o ato de aplicar tinta a uma superfície. É uma linguagem própria, repleta

Leia mais »